Que nutrientes posso obter se consumir um pão com sementes?

A procura por sementes oleaginosas tem vindo a aumentar cada vez mais devido aos seus efeitos benéficos para a saúde.

A nível nutricional, de uma forma geral, todas as sementes são maioritariamente constituídas por gordura, especialmente ácidos gordos insaturados, assim como de ácidos gordos ómega 6/ ómega 3, sendo que as mais ricas nestes componentes são as sementes de sésamo, papoila, amaranto, abóbora e girassol. São também ricas em proteínas, onde se destacam as sementes de abóbora, cânhamo e girassol, e em fibras, como as sementes de chia, de linhaça, de cânhamo e de papoila. (1) (2) (3)

As sementes são também uma excelente fonte de vitaminas A (apenas as sementes de abóbora, cânhamo e sésamo), E e folatos, e minerais como magnésio, zinco, cobre, cálcio, ferro, selénio, fósforo e potássio. (2)

Um pão de sementes inclui, tal como o nome indica, várias destas sementes, tornando-se uma excelente fonte de fibras, rico em proteína, gorduras saudáveis e antioxidantes.

Uma ingestão diária destas sementes, integrada numa alimentação completa, variada e equilibrada, pode contribuir para a manutenção de uma boa saúde mental e cardiovascular. (1)

Referências bibliográficas
(1) Albuquerque, T.; Silva, M.; Oliveira, M.; Costa, H. (2016) Sementes edíveis: composição em ácidos gordos e impacto na saúde. Boletim epidemiológico observações. Instituto nacional de saúde Doutor Ricardo Jorge. (5): 12-16.
(2) PortFIR (2019). Tabela de Composição dos Alimentos
(3) Torres, D. (2015). Sementes e bagas. Acta portuguesa de nutrição (01).

Outras Dicas

Pontos de Venda

Pontos de Venda

Menu